Conheça 6 benefícios da Educação Musical aplicada desde a primeira infância

A Música é uma das expressões artísticas mais antigas e capaz de atrair pessoas de todas as idades. Não é à toa que as crianças, desde muito pequenas, ao ouvirem determinadas melodias, reconhecem sons, se movimentam e memorizam ritmos. 

Por isso, a educação musical é um estímulo para que a criança desenvolva habilidades emocionais e físicas, sendo positiva para o desenvolvimento corporal e mental.

Organizamos seis benefícios relacionados à aplicação da Educação Musical desde a infância, para estimular as crianças e as auxiliar a desenvolver o talento para esse tipo de arte. Continue lendo para descobrir os porquês de incluir a Educação Musical na vida de quem você mais ama.

Por que é importante o estudo de Música para as crianças?

No desenvolvimento de metodologias educacionais, percebemos que apenas o conteúdo exposto em sala de aula não engloba todas as habilidades e competências que uma criança é capaz de desenvolver. 

Assim como práticas físicas e outras expressões artísticas, a Educação Musical entra como uma alternativa de conhecimento em que a criança se envolve na atividade, praticando a criatividade, a curiosidade e a socialização.

Como a Música faz parte da realidade das pessoas desde quando estão na barriga de suas mães, integrar um conhecimento mais teórico e amplificar as práticas, pode ser uma ocupação capaz de gerar muitos frutos no futuro.

Criamos uma lista de benefícios para incentivar o estudo da Música desde a tenra infância. Vale a pena dar uma chance e pensar em cada um desses tópicos que serão abordados a seguir.

6 motivos para investir na Educação Musical de quem você mais ama

1) Estimula a criatividade

As crianças têm muita energia para realizar as tarefas mais simples do cotidiano. A Música é uma forma de impulsionar a criatividade, fazendo com que ela pense amplamente em sons, ritmos, letras, instrumentos e formas de utilizá-los. Cada fase do desenvolvimento infantil tem seus interesses, e a função de profissionais que estudam diferentes metodologias – de acordo com cada idade – é fazer com que esses interesses se tornem conhecimento.

Pense que a Música é um novo universo de possibilidades e que, além de conhecer canções e instrumentos já existentes, as crianças podem criar novos objetos com base neles. Ademais, as auxilia a pensar diferente sobre questões quando na vida adulta, por exemplo.

2) Atua na interdisciplinaridade

A Música engloba diversas disciplinas que, somadas, acarretam no desenvolvimento pessoal e profissional dos indivíduos. Sendo uma linguagem matemática, auxilia no entendimento amplo dos números, mesmo que de forma sutil. 

Também aparece como uma possibilidade de abordar diversos temas por meio de canções que citam questões ambientais, como escovar os dentes, as cores, etc.

Além disso, é uma forma divertida de ensinar Ciências, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa e diversos outros assuntos importantes.

Assim, estudar Música pode ser uma linguagem desenvolvida por quem você mais ama, que empenhará papéis importantes dentro de outras disciplinas e o ajudará a pensar “fora da caixa”.

3) Auxilia no aspecto emocional

A Música tem um lado afetivo, em que a criança consegue se “encontrar” emocionalmente, chegando a conclusões sobre suas preferências e até sobre determinados sentimentos. 

Ter um bom repertório permite que a criança entenda quais são seus gostos e os porquês deles. O autoconhecimento faz parte de um desenvolvimento saudável, que pode auxiliar a criança em resoluções de conflitos internos e externos.

Quando a criança participa da aula de musicalização, ela também participa de atividades coletivas que encorajam a comunicação e a socialização. Além de ser uma prática que precisa de disciplina, perseverança e atenção, o que faz com que ela desenvolva todas essas habilidades desde cedo.

4) Auxilia no desenvolvimento da cognição

As crianças que participam de atividades musicais desde cedo apresentam habilidades cognitivas mais aperfeiçoadas. Como falado anteriormente, a Música tem uma ligação muito forte com a Matemática, desenvolvendo o raciocínio lógico com base em organização e planejamento; além de estimular a memória a longo prazo e o pensamento crítico. Isso tudo é voltado para benefícios aplicados nos estudos acadêmicos e na profissão a ser seguida no futuro da criança.

5) Desenvolve a capacidade linguística

A Música, por ser uma disciplina que abrange todas as línguas e culturas, atua como uma aliada às aulas de idiomas, permitindo que a criança se conecte com novos vocabulários e expressões de forma mais leve e descontraída.

Quando uma criança conhece uma nova música, ela está desenvolvendo sua audição e conhecendo sobre novos estilos, obras e pessoas. Por isso, a interpretação textual e social são necessárias ao estudar Música, fazendo com que a criança enriqueça seu repertório linguístico.

6) Trabalha no controle corporal

A coordenação motora também entra na lista de pontos positivos ao aprender Música. Quando um instrumento é apresentado à criança, ela precisa de coordenação para executá-lo, pois há a realização de várias tarefas de forma simultânea. O ritmo exige determinação e muito foco.

Qual é o papel das famílias no desenvolvimento musical de quem mais amam?

As famílias possuem a função fundamental de incentivar. Como é um estudo que exige muita disciplina, a criança precisa de estímulos positivos para que ela não desista e se interesse cada vez mais pelo assunto.

É importante lembrar que a busca por uma escola especializada e que ofereça esse tipo de trabalho é o melhor caminho para a aprendizagem musical. 

O estabelecimento precisa ter uma infraestrutura propícia, em que as crianças possam realizar atividades de expressão artística, com profissionais que saibam como direcionar e, ainda, tenham a didática para direcionar corretamente toda a potência que a criança oferece.

A escola é um lugar de socialização, em que a criança, além de aprender os conteúdos musicais, poderá conversar, trocar ideias e resolver questões com outras crianças. É muito importante ter esse espaço de desenvolvimento individual infantil.

Em casa, a família pode observar os treinos, perguntar sobre as aulas, interessar-se sobre todos os novos conhecimentos adquiridos pelo pequeno e mostrar a ele quais são os benefícios a curto e a longo prazo que essa atividade trará.

A Educação Musical é uma das formas de incentivar o desenvolvimento físico e emocional de uma criança desde o início de sua vida. É uma decisão que, quando tomada, pode promover o progresso de diversas áreas do conhecimento infantil.

Gostou do conteúdo? Acesse a página inicial do nosso blog e confira os demais artigos que já publicamos por aqui, para saber mais sobre uma educação de qualidade.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.