Como a tecnologia está sendo aplicada na Educação Infantil dentro das escolas?

Em escolas de todo o país, já não é tão incomum o uso de dispositivos eletrônicos e de recursos digitais durante as aulas, o que inclui, até mesmo, aparelhos portáteis, como tablets, smartphones e notebooks. Afinal, a aplicação da tecnologia na Educação Infantil é uma tendência que tem se mostrado bastante benéfica para as crianças.

Essa possibilidade, que atende muito bem ao perfil da nova geração — os chamados “nativos digitais” —, ajuda a despertar a curiosidade das crianças, a engajá-las e a oferecer a elas um meio para obterem novos conhecimentos com mais autonomia. Isto é, trata-se de uma ferramenta de apoio que as coloca no centro do processo de ensino-aprendizagem e que reforça o papel de mediação dos docentes. Por isso, boas escolas têm investido em tecnologias para aumentar a qualidade do ensino e aprimorar o desempenho dos estudantes.

Entenda, neste artigo, como a tecnologia tem sido usada na Educação Infantil e quais benefícios ela pode trazer para o aprendizado de quem você mais ama. Boa leitura!

Como a tecnologia tem sido aplicada na Educação Infantil?

Atualmente, as crianças passam várias horas por dia diante de telinhas, consumindo uma enorme quantidade de conteúdos digitais, multimídias e interativos. Por estarem tão acostumadas com os envolventes cenários virtuais, naturalmente engajantes, divertidos e próximos da realidade delas, conseguir a atenção dos pequenos nas salas de aula tem se tornado cada vez mais desafiador para os docentes.

Por outro lado, existe uma grande variedade de tecnologias voltadas à Educação Infantil. Elas disponibilizam conteúdos educativos em formatos mais atraentes para as crianças, permitindo que elas apliquem conceitos, testem e aprofundem os seus conhecimentos e desenvolvam habilidades e competências específicas. Veja, a seguir, alguns exemplos de aplicações da tecnologia na Educação Infantil.

Gamificação

A gamificação é uma estratégia que se baseia em princípios de jogos — como, sequência de fases em que o jogador obtém pontos e recompensas ao atingir metas — para engajar um público e alcançar determinados resultados a partir de uma abordagem lúdica. Ela pode ser aplicada a várias áreas.

Na Educação Infantil, por exemplo, jogos que auxiliam na alfabetização ou na prática de operações matemáticas são utilizados. Além disso, os professores também podem propor atividades gamificadas através de dinâmicas com elementos de jogos, que permitam que a comunidade estudantil aprenda sobre os temas estudados, colocando os conhecimentos em prática e estabelecendo associações entre áreas distintas.

Isso é interessante por possibilitar que os pequenos se divirtam enquanto aprendem, criando uma imagem positiva dos estudos. Além disso, ao notarem a sua evolução e receberem recompensas, eles sentem que os seus esforços para aprender são valorizados. Assim, ganham um senso de propósito e têm mais disposição e motivação para continuarem se dedicando.

Videoaulas

As videoaulas são ótimas para complementar e rever pontos específicos abordados nas aulas. Assim, quando estão em casa e sentem dificuldades para resolverem as tarefas escolares, os seus pequenos podem assistir a alguma videoaula indicada pelos professores. Além disso, em alguns casos, os docentes podem sugerir que os estudantes assistam a vídeos de assuntos relacionados ao contexto das disciplinas, mas que não foram abordados diretamente.

Em outras palavras, os professores podem usar esse recurso para apontar possibilidades de estudos, permitindo que as crianças construam novos conhecimentos conforme seus interesses, e incentivando-as a terem mais autonomia.

Livros digitais

Na Educação Infantil, usar dispositivos de leitura é uma ótima opção para despertar a curiosidade e o interesse das crianças. Claro que os livros impressos também têm esse poder, porém, em alguns livros digitais, há ferramentas extras que tornam a leitura de textos didáticos menos maçante e facilitam a compreensão de termos, expressões e conceitos.

É possível, por exemplo, assistir a vídeos ao longo da leitura, ver a definição de palavras ao clicar ou passar o cursor sobre elas e interagir com elementos das páginas por meio de cliques e toques na tela.

Robótica e Programação

Além de serem campos promissores para o mercado de trabalho, a Robótica e a Programação estimulam o Raciocínio Lógico e a criatividade, ajudam a melhorar o desempenho em Matemática e Física, permitem praticar a Língua Inglesa e auxiliam no desenvolvimento da habilidade de resolução de problemas, entre outros benefícios.

Em algumas escolas, são oferecidas atividades extracurriculares de Robótica e Programação. Nesses casos, as aulas acontecem no contraturno escolar, ou seja, em um horário diferente daquele das aulas regulares.

Plataformas de ensino

As plataformas de ensino são softwares que apresentam ambientes virtuais com várias ferramentas e materiais educativos. Elas podem incluir tecnologias desde as já mencionadas (como a gamificação) até recursos que permitem avaliar e acompanhar o desempenho e o desenvolvimento das crianças.

Além disso, elas geralmente têm áreas de comunicação entre estudantes e docentes, possibilitando a solução de dúvidas de forma mais prática. Também é comum que essas plataformas sejam personalizadas, ou seja, apresentem um conteúdo diferenciado conforme o uso e os níveis de conhecimento de cada criança.

Quais são os principais benefícios de usar a tecnologia na Educação Infantil?

Quando a tecnologia é tratada como uma aliada na Educação Infantil, é possível melhorar o desempenho e a aprendizagem das crianças. Afinal, isso parte do princípio de trazer para a rotina de estudos elementos que fazem parte do dia a dia delas e as agradam. Para isso, ela é usada como um meio para estimular a curiosidade dos pequenos e incentivá-los a obterem mais conhecimentos, associando os estudos a algo divertido e agradável.

Como resultado, eles fixam melhor os conteúdos, têm mais interesse em aprender, desenvolvem competências socioemocionais e se tornam mais engajados e independentes no processo de ensino-aprendizagem, participando mais das aulas e de outras atividades escolares.

O uso da tecnologia na Educação Infantil, como visto, desde que seja bem planejado e integre uma estratégia sólida de ensino-aprendizagem, traz diversos benefícios para a formação das crianças e pode fazer uma diferença enorme no futuro delas. Por isso, no momento de escolher uma escola para matricular seu pequeno, avalie como essas ferramentas inovadoras são utilizadas no processo de aprendizagem.

Você ainda tem dúvidas sobre o uso de novas tecnologias na educação? Visite a página inicial do nosso blog, onde você irá encontrar demais artigos, e entenda um pouco mais sobre o tema.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.